Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,22 3,22
EURO 3,93 3,93

Nosso Escritório

O que é preciso saber antes de contratar um advogado?

Ao falarmos sobre os muitos eventos nos quais um advogado pode auxiliar você pessoa física, destacamos os diversos contratos que celebramos ao longo de um único dia e falamos sobre alguns aborrecimentos que podem surgir com a falha na execução desses contratos.
 
Pois bem, a relação que liga um advogado ao cliente é também uma relação contratual, da qual se espera que ambos saiam satisfeitos, entretanto, como em todas as contratações de nossas vidas, alguns cuidados devem ser adotados. Observe nossas dicas:
 
  • Solicite sempre um contrato de prestação de serviços no qual esteja perfeitamente descrito o tipo de trabalho que o advogado desenvolverá e a forma de remuneração dos honorários advocatícios. O contrato é a sua garantia para entender direitos e obrigações;
 
  • Verifique com o advogado o tempo que ele precisará para iniciar um processo judicial e procure saber o número de seu processo, a maioria, senão totalidade dos Tribunais, permitem que você possa acompanhar o andamento processual pela Internet;
 
  • Ao fazer o pagamento solicite sempre seu recibo, pois é a garantia de que no futuro não poderá ser cobrado novamente pelo serviço que já pagou.
 
  • Certifique-se com seu advogado sobre as verdadeiras chances de ganho num processo e evite profissionais que vendem soluções fáceis e milagrosas. Lembre-se de que não existem causas ganhas, existem causas com maiores probabilidades de sucesso do que outras, mas nenhuma causa é ganha até que contemos com a decisão judicial proferida por um juiz;
 
  • Ao assinar procurações procure observar com atenção se o advogado para quem você está delegando poderes é realmente o advogado que está fazendo seu atendimento, não aceite assinar procurações para profissionais desconhecidos;
 
  • Lembre-se de que a relação que liga o advogado e o cliente é antes de tudo uma relação de confiança, mas sempre que possível, procure referências sobre o profissional.
 
  • Não trate a advocacia como uma espécie de leilão, escolhendo o advogado pelo menor custo, lembre-se de que está fazendo um investimento, elegendo alguém para cuidar de aspectos de sua vida que não podem ser cuidados diretamente por você. Opte sempre pelo profissional que lhe passar maior crediblidade e segurança
 
 
Visitas no site:  6841
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia